Image Memorial Laboratório e Imagem

Atendimento ao Cliente

(71) 4004-0107

Fique Atualizado

Gostaria de receber informações e novidades sobre o Image Memorial?

Autorizo o recebimento de informações via e-mail.

Não tenho interesse em receber informações via e-mail.





Masculino Feminino



Atenção: O nono digito (9) será adicionado automaticamente nos celulares de SP.


Enviando
Aguarde. Estamos redirecionando para a página de
Resultados de Exames.


Localize uma unidade





Sobre a DASA

Informações gerais sobre a DASA, maior empresa da América Latina e quarta maior do mundo.

Saiba mais

Sobre o Image Memorial

Informações gerais sobre o Image Memorial Medicina Diagnóstica.

Saiba mais

Sustentabilidade

O Image Memorial está comprometido a ser uma empresa ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente viável

Saiba mais


Dicas de Saúde para Mulher

Dicas de Saúde para Mulher

 

Exames periódicos em mulheres

Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2012, cerca de 53 mil mulheres brasileiras receberão o diagnóstico de câncer de mama.

A ginecologista Sueli Raposo orienta as mulheres a checarem sempre suas condições físicas, pois doenças como câncer de mama e os tumores de útero podem ser tratadas de maneira eficaz quando descobertas precocemente. “Os procedimentos, que devem ser realizados em mulheres a partir da primeira menstruação, consistem na avaliação das mamas e a verificação da presença de alterações no tecido do colo do útero”, diz a ginecologista.

Confira algumas dicas de exames

As mulheres, a partir dos 20 anos, devem se preocupar com sua saúde periodicamente, verificando níveis de colesterol, triglicérides, glicemia (para descartar diabetes), atividade cardíaca e DSTs (doenças sexualmente transmissíveis).

Para todas:

  • Consultar um ginecologista pelo menos uma vez ao ano;
  • Conferir sempre a pressão arterial;
  • Controlar o peso. A obesidade deve ser combatida, pois aumenta o risco de eventos cardiovasculares e também alguns tipos de câncer;
  • Praticar exercícios que além dos benefícios físicos, melhora a produção de endorfinas, dando mais disposição, diminuindo o desânimo e a depressão;
  • Não fumar - o cigarro está ligado a vários tipos de câncer e não somente o de pulmão;
  • Atualizar a carteirinha de vacinação. Prevenir é sempre melhor do que remediar;
  • Importante tomar a vacina contra hepatite B e HPV antes do início da vida sexual.

Dos 20 anos aos 30 anos:

  • Para mulheres com história familiar de diabetes ou alteração do colesterol deve ser feito controle de colesterol, triglicérides, glicemia, creatinina e urina;
  • Realizar exames de citologia oncótica (papanicolau) anualmente e colposcopia se houver indicação médica, dependendo do resultado, o ginecologista poderá pedir com mais frequência;
  • Ultrassom pélvico ou transvaginal;
  • Ultrassom de mamas;
  • Avaliação de pintas (manchas no corpo);
  • Realizar exames para prevenção de doenças hematológicas como anemias, hepáticas e cardíacas;
  • Usar camisinha para prevenção de DSTs como HIV, hepatite B e C, HPV, clamídia, gonorréia, sífilis, herpes, cancro mole e donovanose.

Aos 40 anos:

  • Além de seguir as dicas anteriores, as mulheres devem investigar a função tireoideana, com as dosagens hormonais de TSH e T4 Livre e ultrassom de tiroide;
  • As mulheres, a partir desta idade, devem fazer a mamografia anualmente, além dos exames já citados. É importante também repetir o ultrassom da tireoide e fazer as dosagens hormonais;
  • Verificar periodicamente a pressão arterial.

Acima de 50 anos:

  • Manter todos os tópicos acima e investigar neoplastias. Após a menopausa, diminui a incidência de câncer de colo uterino, mas aumenta o risco de câncer de ovário e endométrio. O rastreamento pode ser feito pelo ultrassom transvaginal e alguns marcadores tumorais;
  • Fazer prevenção de câncer de intestino, de preferência através da colonoscopia ou da pesquisa de sangue oculto nas fezes.
  • Fazer avaliação cardiológica;
  • Fazer avaliação de osteopenia e osteoporose com densitometria óssea anualmente;
  • Dependendo dos antecedentes familiares e dos sintomas, o clínico e o ginecologista poderão pedir outros exames. O mais importante é a prevenção, pois muitas doenças são silenciosas, demorando a apresentar os primeiros sintomas.

O mais importante é sempre ter uma alimentação saudável, praticar algum exercício físico, preferencialmente os que proporcionam prazer e usar filtro solar, pois o câncer de pele é o de maior incidência nos últimos anos e os efeitos do sol são cumulativos.

 

Compartilhe:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Indicar para um Amigo
  •  

    Indique para seu Amigo




















 
 
 
Image Memorial Laboratório e Imagem © 2017 Image Memorial Laboratório e Imagem. Todos os direitos reservados.